slide
Read More

Nossas Noites – Kent Haruf

slide
Read More

Linha Óleo de Coco – Novex

slide
Read More

3 coisas – pH, kH e gH (explicação SIMPLES)

slide
Read More

5 coisas que você precisa saber sobre o Beijador – Minha Fauna

4 dicas para o seu Cachorro viver feliz e saudável.

Você tem ou quer adotar um cachorro? Separamos 4 dicas para que os animais de estimação vivam saudáveis e felizes trazendo sempre alegria para sua casa.

Os Cachorro são os animais de estimação mais comuns, é difícil não se encantar com o companheirismo e brincadeiras de um cãozinho. O contato com os animais aumenta a produção de endorfina no organismo, o hormônio que causa a sensação de prazer e bem-estar, consequentemente diminui os problemas relacionados ao estresse.

Claro que você quer o melhor para o seu amigo, Tratar bem dos animais não significa simplesmente não maltratá-los, mas também, importar-se com eles. Por isso separamos 4 dicas para a relação com o seu animal de estimação ser equilibrada e saudável:

1- Não mime o seu Cachorro:

Cachorro

Sei que você quer ficar grudado com seu Cachorro o tempo todo e que a cara que ele faz quando pede a sua comida é irresistível mas não é saudável para ele. Em relação a deixa-lo sozinho, é necessário para que ele não fique ansioso, latindo toda vez que você precisa sair. É bom evitar fazer festa logo que chegar em casa depois do trabalho – ou ele vai marcar esse momento como a maior interação do dia. Ignore-o um pouco, de 5 a 10 minutos depois que chegar em casa, para o cachorro se acalmar e diminuir a ansiedade.

Já a sua comida, faz mal para ele além dele poder recusar comer a ração pura. Você precisa controlar o tempo que o cachorro come, ou seja, deixar o prato de ração entre 15 a 20 minutos para ele comer. Além disso, se ele pular o almoço, não pode aumentar a quantidade de comida para a janta: é preciso manter as porções certinhas. Também não é bom exagerar nos petiscos, porque o cachorro vai achá-los mais gostosos e pode querer deixar de comer ração. Ou engordar.

2- Leve-o para passear:

cachorro-adestramento-caociente-passeando-sem-coleira-516x250

É óbvio que o seu Cachorro precisa se exercitar, caminhe, brinque com a bolinha e faça com que ele se exercite. Caminhar também faz ele manter contato com outros cães. Não deixe ele puxar a guia durante o passeio,  a culpa de ser arrastado é do próprio dono, sem querer, ensina que é puxando que o cão tem acesso à arvore, a outra pessoa ou a outro cachorro.  Você precisa ensinar o cachorro a andar com a coleira frouxa. O cão deve entender que, com a guia curta, esticada, ele não vai ter acesso a nada. Se o cachorro começar a puxar muito para chegar até uma árvore, você para até a guia ficar frouxa novamente. Aí você caminha em direção a árvore.

Evite passeios nos horários mais quentes – entre 10h e 17h – E certifique-se que ele esteja sempre ingerindo bastante água.

3- Não esfregue o focinho do Cachorro no xixi e cocô:

post16_1

Claro que o cachorro vai ficar com medo de você se fizer isso e na próxima vez vão fazer no ligar errado de novo, só que escondido sem contar que o cachorro pode entender a bronca como forma de atenção e fazer no lugar errado,  ignore completamente o erro. Não fale, não olhe, não limpe na frente dele. Deixe o cão em outro cômodo enquanto limpa a bagunça. Toda vez que o cachorro fizer xixi no lugar certo, é preciso recompensá-lo. Além do instinto, que o atrai a fazer no mesmo lugar pelo cheiro, ele cria uma associação positiva, já que ganhou uma coisa por fazer xixi onde o dono quer.

4- Não ensine o cachorro a ficar inseguro por causa da chuva, fogos ou veterinário e banho:

cao_fogos31

Cães tem a audição muito sensível e costumam ter medo de trovão ou fogos de artifício. Mas se na hora do barulho você incentivar o medo do seu Cachorro, colocando ele no colo ou facilitando esconderijos, ele vai entender que você tem que protege-lo daquilo e portanto a ameaça é muito maior do que de fato é. Passe segurança, tranquilidade e brinque com o animal ou de alguma comida para ele tirar o foco do medo. Até mesmo usar vídeos na internet com barulho de trovão ou fogos pode ajudar. É só colocar o som baixo e ir aumentando gradualmente, para que o cachorro se acostume com o tipo de barulho. O mesmo vale para para quem leva para o banho ou veterinário e quer ficar muito perto o tempo inteiro, segurando, cercando, com medo pelo bicho.

Acredito que, tendo paciência e persistência e seguindo essas dicas o seu melhor amigo vai se comportar e ser muito feliz. Na próxima postagem daremos dicas cuidarem de seus GATOS.

Não deixe de curtir nosso facebookinstagram e twitter pra não perder nada!

Fonte: Uol Notícias Saúde, Nosso Amigos, IG Delas Comportamento , Super Interessante Blogs Por Luiza Antunes

Comentários

comments

Videomaker, Técnico em informática, ex-Sacripanta, Vj da ex-mtv por 15 minutos e o mais importante, namorado da Vanessa, a parte do casal que presta nesse blog!