slide
Read More

Nossas Noites – Kent Haruf

slide
Read More

Linha Óleo de Coco – Novex

slide
Read More

3 coisas – pH, kH e gH (explicação SIMPLES)

slide
Read More

5 coisas que você precisa saber sobre o Beijador – Minha Fauna

As Tartarugas Ninjas – Resenha de Casal

Dos quadrinhos e animação dos anos 80 para o cinema dos anos 90, As Tartarugas Ninjas que andavam esquecidas estão de volta numa nova versão produzida por Michael Bay e dirigida por Jonathan Liebesman.

As Tartarugas Ninjas

Para quem não sabe as Tartarugas Ninjas surgiram mais obscuras nos quadrinhos, eu nunca li, meu primeiro contato com os quelônios foi a clássica animação dos anos 80. Aquela cheia de humor onde o Michelangelo sempre roubava a cena.

Depois assisti aos filmes na nostálgica sessão da tarde, que tempo bom. Os longas tinham a mesma pegada da animação e aqueles bonecos das Tartarugas eram demais, serei sincero ao dizer que não lembro qual era a origem delas no filme mas era divertido demais considerando as limitações da época.

Enfim temos um novo live action produzido pela Platinum Dudes do Michael Bay, produtora especializada em reviver franquias de terror com baixo orçamento. Dessa vez eles optaram por outro segmento com um orçamento bem menos modesto e acertaram em algumas coisas e erraram em outras.

Vou começar pela polêmica maior, o visual das Tartarugas. Para mim foi o que mais agradou, era preciso renovar e com essa abordagem mais “realista” caiu muito bem, elas são truculentas mas são carismáticas também como devem ser. Os efeitos ficaram ótimos, destaque para uma cena de ação de tirar o fôlego numa montanha coberta de neve – vimos uma cena estendida na Comic Con Experience e o post sai Domingo -, méritos do diretor Liebesman e do brasileiro Lula Carvalho que foi diretor de fotografia e não transformou a ação numa lambança comparando a Transformers por exemplo.

A interação entre as Tartarugas também é muito boa assim como as piadas e brincadeiras que deveriam ser o foco do filme, uma pena que resolveram focar na Megan Fox, a nova versão da Jornalista April O’Neill. O problema não é a April, personagem importante das Tartarugas, mas sim ofuscar as Tartarugas com a bunda Megan Fox, eu sei que pareço um nerdaço dizendo isso, mas é para isso que ela estava lá porque sua atuação é mediocre. Coisa de Michael Bay, ainda bem que ele não foi o diretor desse filme, rs.

Outro ponto negativo é o vilão destruidor muito mal desenvolvido assim como o William Fichtner que faz um antagonista bem caricato.

As Tartarugas Ninjas poderia ser melhor, com outra April e um roteiro mais elaborado mas devo dizer que embora eu goste mais da origem da animação, a essência das tartarugas estão lá e para um filme pipoca dá para se divertir.

Sinopse

Afetados por uma substância radioativa, um grupo de tartarugas cresce anormalmente, ganha força e conhecimento. Vivendo nos esgotos de Manhattan, quatro jovens tartarugas, treinadas na arte de kung-fu, Leonardo, Rafael, Michelangelo e Donatello, junto com seu sensei, Mestre Splinter, tem que enfrentar o mal que habita cidade.

Trailer

Curiosidades

O filme é uma celebração ao 30º aniversário da criação dos personagens.

Os capangas Bebop e Rocksteady estavam na primeira versão do roteiro, mas foram excuídos posteriormente. Mas eles não são carta fora do baralho: a intenção é utilizá-los numa possível sequência.

Raphael tem “Mikey esteve aqui” rabiscado em seu caso – só que em japonês, por isso ele não sabe que se trata de uma pegadinha do irmão Michelangelo.

O Mestre Splinter é interpretado por Danny Woodburn, ator que mede apenas 1 metro e 20 centímetros, aproximadamente. A opção tinha como objetivo manter a fidelidade com os quadrinhos originais de TMNT na Mirage Comics, em que o rato humanoide era bem mais baixo que seus filhos de criação.

Originalmente, Michelangelo trazia uma corrente de ouro em seu pescoço, o que gerou muitas críticas de quem achou tratar-se um estereótipo ofensivo a pessoas negras norte-americanas. O item foi então substituído digitalmente por um colar de concha, representando, assim, o gosto por surf e skate de Mikey.

Whoopi Goldberg, intérprete de Bernadette Thompson (a chefe da April) nesse novo filme, declarou que ter sido aceita no projeto era a realização de um objetivo de uma vida inteira: “Minha filha era um grande fã do desenho animado original, de modo que, quando o filme original foi anunciado, ela quis que eu estivesse nele”, disse Whoopi, que se ofereceu para um papel e não conseguiu em nenhum deles. Foi então que ela soube da realização de um novo filme das Tartarugas Ninja, voltou a demonstrar interesse em participar do projeto e, para sua surpresa, conseguiu o papel.

O casting dos atores que compõem o Foot Clan aconteceu durante a celebração do 25º aniversário das Tartarugas Ninja, em Los Angeles, e foi feito somente com pessoas comuns, fãs do desenho.

Anna Kendrick, Jane Levy e Elizabeth Olsen concorreram para o papel de April O’Neill. A musa Megan Fox ficou com o papel.

A origem alienígena das Tartarugas Ninja nesse reboot rendeu ao produtor Michael Bay duras críticas de todos os lados, inclusive do dublador de Michelangelo na saga original, Robbie Rist. Por outro lado, os colegas d eelenco Brian Tochi (Leonardo), Corey Feldman (Donatello) e Judith Hoag (April O’Neill) apoiaram a novidade. Mais tarde, Rist recuou em sua posição afirmando que não devia ter questionado tal opção uma vez que Bay faz muito mais dinheiro no cinema do que ele.

Até Segunda com mais um post sobre cinema e não deixe de curtir nosso facebookinstagram e twitter pra não perder nada!

Fonte:  Adoro Cinema, Omelete 

Comentários

comments

Videomaker, Técnico em informática, ex-Sacripanta, Vj da ex-mtv por 15 minutos e o mais importante, namorado da Vanessa, a parte do casal que presta nesse blog!