slide
Read More

Nossas Noites – Kent Haruf

slide
Read More

Linha Óleo de Coco – Novex

slide
Read More

3 coisas – pH, kH e gH (explicação SIMPLES)

slide
Read More

5 coisas que você precisa saber sobre o Beijador – Minha Fauna

Nebraska – Resenha de Casal

Fizemos a resenha do Melancólico e engraçado filme do diretor Alexander Payne, Nebraska.

387383.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Nossa primeira postagem aqui no Blog foi sobre o Oscar e ainda tínhamos alguns filmes pendentes para resenhar. Nebraska está nessa lista merecidamente.

Confesso que ainda não assisti os bem avaliados Sideway e os Descentendes mas a julgar por Nebraska fica evidente que o roteirista e diretor Alexander Payne domina um humor peculiar, cínico e com grande sensibilidade.

Bruce Dern faz muito bem o velho alcoólatra – e Gagá como diz a Vanessa – Woody Grant, que acredita ter ganho US$ 1 milhão após receber o folheto de uma propaganda de assinatura de revista. Para isso, ele teria que viajar de Montana até Nebraska e resolve fazer isso a pé. Seu filho meio panaca David (Will Forte), cansado de sair pelas ruas atrás do pai resolve alimentar a fantasia dele e leva-lo de carro até Lincoln, Nebraska.

Eu e a Vanessa achamos a fotografia do filme belíssima, ótimas imagens de rodovia remetendo a um filme de estrada – que de fato é. E rodar o longa em preto e branco foi um acerto, além de aumentar a sensação de melancolia também dá o clima de resgate do passado que o filme apresenta. A trilha sonora instrumental também é outro acerto trazendo ainda mais emoção para o filme.

E mesmo nesse cenário de melancolia, Nebraska consegue envolver, seja pelo jeito duro porém cativante do Woody ou pela June Squibb que faz a sem paciência esposa de Woody muito bem.

Nebraska se enquadra no gênero comédia dramática, só não sei se tem mais comédia – momentos absurdos e personagens curiosos – ou mais drama – um idoso doente e completamente dependente e  também uma crítica a modernindade.

Eu ri um pouco, achei os momentos de humor divertidos e na maior parte do tempo me senti realmente melancólico, A Vanessa foi além e chorou – cagueto mesmo, rs. Só por isso pra mim o longa já valeu, gosto de filmes que me façam sentir algo e Nebraska cumpriu com sua proposta.

Indicadíssimo para assistir em casal!

Sinopse

Woody Grant (Bruce Dern) é um homem idoso que acredita ter ganho US$ 1 milhão após receber pelo correio uma propaganda. Decidido a retirar o prêmio, ele resolve ir a pé até a distante cidade de Lincoln, em Nebraska. Percebendo que a teimosia do pai o fará viajar de qualquer jeito, seu filho David (Will Forte) resolve levá-lo de carro. Só que no caminho Woody sofre um acidente e bate com a cabeça, precisando descansar. David decide mudar um pouco os planos, passando o fim de semana na casa de um de seus tios antes de partir para Lincoln. Só que Woody conta a todos sobre a possibilidade de se tornar um milionário, despertando a cobiça não só da família como também de parte dos habitantes da cidade.

Trailer

Curiosidade:

Para o papel do pai, Gene Hackman, Robert Forster, Robert Duvall e Jack Nicholson foram considerados, mas o diretorAlexander Payne preferiu Bruce Dern. Já o personagem do filho teve Matthew Modine, Paul Rudd e Casey Affleck como candidatos à vaga que foi atribuída a Will Forte.

Fonte : Omelete e AdoroCinema

Comentários

comments

Videomaker, Técnico em informática, ex-Sacripanta, Vj da ex-mtv por 15 minutos e o mais importante, namorado da Vanessa, a parte do casal que presta nesse blog!