slide
Read More

Vamos fazer de conta que isso nunca aconteceu…

Resenha
slide
Read More

A Morte do Capitão América

– Resenha Literária
slide
Read More

Mês das Crianças no Escape Hotel

slide
Read More

Festival da Batata e do Milkshake

slide
Read More

Primer Pore Minimizing Smashbox

slide
Read More

Maionese #TodeCacho

Resenha

The Normal Heart – Resenha de Casal

the-normal-heart

Confira a resenha do telefilme The Normal Heart, feito para o canal HBO. Drama que conta a história dos primeiros momentos desde a descoberta da AIDS nos EUA.

437253.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Eu e a Vanessa sempre pensamos em que filme vamos assistir para resenhar, e The Normal Heart foi uma sugestão dela, até então eu desconhecia a existência desse filme, o que infelizmente é comum acontecer com telefilmes,

Depois de saber a temática, pensei que seria mais um filme estereotipando Gays ou algo extremamente didático sobre a AIDS, e tive uma grata surpresa. Ao ler algumas referências , descobri que The Normal Heart é a adaptação de uma peça homônima de 1985, escrita por Larry Kramer.

O telefilme foi dirigido por Ryan Murphy ,que é homossexual, e retrata o drama vivido pelos Gays com o surgimento do vírus HIV, pela ignorância da época chamado de Câncer Gay, e a necessidade de atenção do poder público para amparar os contaminados e combater a doença. O filme não tenta vitimizar os gays, e sim, apenas discutir um tema que ainda é alarmante.

O elenco é de peso, acompanhamos suas lutas políticas e sociais de Ned Weeks (o alter ego de Larry Kramer). Mark Ruffalo faz Ned de forma brilhante. Os atores gays Matt Bomer e Jim Parsons, emprestam suas imagens públicas de apoio as causas defendidas pela comunidade LGBT, embora o filme quase não seja planfletario. Julia Roberts tem uma forte presença, fazendo o papel de uma médica paraplégica.

Eu gostei do filme e entendi melhor o que essa geração viveu, só que não consegui me desfazer do meu olhar técnico, já a Vanessa ficou extremamente emocionada com The Normal Heart, que chegou ao seu coração. Mesmo que a empatia dela tenha sido maior, quando isso acontece é porque o filme fez o seu papel. The Normal Heart é altamente recomendado para todos, vá atrás.

Sinopse

1981. Uma doença misteriosa se alastra pelos Estados Unidos, com alto grau de mortalidade: cerca de 50% dos infectados acabam falecendo. Como a imensa maioria é homossexual, ela logo é apelidada de “câncer gay” e, por preconceito, não recebe a devida atenção do governo norte-americano. Decidido a fazer com que as pessoas tomem conhecido sobre a epidemia causada pela AIDS, o escritor Ned Weeks (Mark Ruffalo) decide ir aos diversos veículos de comunicação para falar sobre o tema. Entretanto, a raiva contida em suas declarações assustam até mesmo seus colegas na organização não-governamental que presta auxílio aos infectados. Ao seu lado, Ned conta apenas com o apoio da médica Emma Brokner (Julia Roberts), que também está alarmada com a gravidade da situação.

Trailer

Curiosidades

A peça The Normal Heart, que é a base do filme, fez grande sucesso e rendeu um Tony de Melhor Ator Coadjuvante para Ellen Barkin e John Benjamin Hickey, além das indicações de Melhor Diretor e Melhor Ator. O texto, inclusive, teve várias adaptações fora da Broadway, em Londres e Los Angeles, nos anos 1980.

O diretor Ryan Murphy e a atriz Julia Roberts repetem a experiência de trabalhar juntos, iniciada com Comer Rezar Amar (2010).

Murphhy também dirigiu episódios da serie Glee! e chamou dois atores de seriados distintos para trabalhar com ele: Jim Parsons (The Big Bang Theory) e Matt Boomer (White Collar).

Jim Parsons também trabalhou na peça e repete o mesmo papel de ativista gay.

 Fonte: Adoro Cinema e Cine Players

Comentários

comments

Videomaker, Técnico em informática, ex-Sacripanta, Vj da ex-mtv por 15 minutos e o mais importante, namorado da Vanessa, a parte do casal que presta nesse blog!