slide
Read More

Nossas Noites – Kent Haruf

slide
Read More

Linha Óleo de Coco – Novex

slide
Read More

3 coisas – pH, kH e gH (explicação SIMPLES)

slide
Read More

5 coisas que você precisa saber sobre o Beijador – Minha Fauna

Whiplash – Em Busca da Perfeição – Resenha de Casal

Qual o limite que você está disposto a atingir para alcançar suas ambições? Em Whiplash – Em Busca da Perfeição, Damien Chazelle mostra que é necessário muito mais que um “bom trabalho” para se criar um talento musical.

026440.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Você aceitaria ter um professor truculento, que te agride e humilha, com a justificativa que só assim o tornará uma lenda? O jovem Andrew Neyman sim. Muito bem interpretado por Milles Teller,  que consegue o posto de baterista substituto na banda principal de um dos melhores conservatórios do mundo. Comandada por Terence Fletcher, em uma atuação perfeita de J.K Simmons, o professor que submete seus alunos a condições degradantes.

Em tempos do “Politicamente Correto” o filme faz você pensar se o esforço, que beira a insanidade, é válido. A frase de Fletcher: “A pior coisa que aconteceu para o mundo foi essa de ter que elogiar um bom trabalho.” é impactante.

Todos os prêmios que o filme ganhou foram merecidos. Ótimo para assistir e excelente para ouvir, Whiplash – Em Busca da Perfeição trás boas sequências de tensão e beleza, Damien Chazelle acertou em cheio.

Sinopse

O solitário Andrew (Miles Teller) é um jovem baterista que sonha em ser o melhor de sua geração e marcar seu nome na música americana como fez Buddy Rich, seu maior ídolo na bateria. Após chamar a atenção do reverenciado e impiedoso mestre do jazz Terence Fletcher (JK Simmons), Andrew entra para a orquestra principal do conservatório de Shaffer, a melhor escola de música dos Estados Unidos. Entretanto, a convivência com o abusivo maestro fará Andrew transformar seu sonho em obsessão, fazendo de tudo para chegar a um novo nível como músico, mesmo que isso coloque em risco seus relacionamentos com sua namorada e sua saúde física e mental.

Trailer

Curiosidades

Entre filmagem – vinte dias -, edição e inscrição em Sundance, passaram-se apenas dez semanas.

Whiplash venceu dois dos principais prêmios no festival de Sundance em 2014: melhor filme de acordo com o público e melhor diretor.

Durante as cenas de prática mais intensas, o diretor não gritaria “corta!”, a fim de que Miles Teller mantesse o rufar até esgotar-se

Para a cena do tapa, J.K. Simmons e Miles Teller filmaram várias tomadas com Simmons apenas imitando o gesto. Para a gravação final, Simmons e Teller decidiram gravá-la com um tapa realmente genuíno. Está é a que se encontra no filme.

Miles Teller, que toca bateria desde os 15 anos, ficou com bolhas nas mãos devido ao estilo vigoroso, não convencional da bateria de jazz. Um pouco de seu sangue ficou nas baquetas e no instrumento.

Embora Miles Teller toque bateria desde que tinha 15 anos de idade, ele teve aulas de adicional de 4 horas por dia, 3 dias por semana para preparar-se.

O diretor e roteirista do longa, Damien Chazelle, não obteve financiamento necessário para o filme. Por isso, transformou-o em um curta-metragem e apresentou-o para o Festival de Sundance em 2013. O curta acabou vencendo o Prêmio do Júri para Curta-Metragens, assim ChazelleI conseguiu financia-lo depois.

Parte do filme é baseado na experiência do diretor / roteirista Damien Chazelle como integrante de banda no ensino médio. Em um P & R, depois de uma exibição, Chazelle afirmou que foi intimidado por instrutor de banda.

Dane DeHaan recusou o papel de Andrew.

O quadro “Whiplash” apresentado no filme é do tipo referido por músicos de jazz como um “quadro temporal” – uma peça com assinatura de tempo não convencional (neste caso, 7/8). O arranjador gráfico – Hank Levy – é famoso nos círculos de jazz para com seus inúmeros clássicos “gráficos temporais”.

Fonte: AdoroCinema e Omelete

Comentários

comments

Videomaker, Técnico em informática, ex-Sacripanta, Vj da ex-mtv por 15 minutos e o mais importante, namorado da Vanessa, a parte do casal que presta nesse blog!